Município de Almodôvar

Notícias

VII Mercado Medieval

Um regresso ao ano de 1285, época da doação do Foral de Almodôvar, uma viagem aos saberes e sabores medievais

Entre 29 de Abril e 1 de Maio Almodôvar festejou a história em mais uma edição daquele que é já um acontecimento chave no Baixo Alentejo – oMercado Medieval, e que pretende ser uma viagem à Idade Média, mais propriamente a 1285, época em que foi outorgado por D. Dinis o Foral à Vila de Almodôvar.
A VII edição do certame proporcionou mais uma vez aos seus visitantes ocontacto com personagens e a vivência de situações típicas da época, trazendo até ao presente cores, gostos, sons e danças do passado. Contadores de histórias, adivinhos, encantadores de serpentes, arqueiros, cavaleiros, almocreves e mesteirais invadiram de novo o centro histórico da vila de Almodôvar, onde a acção foi constante e criou um ambiente único.
Embora S. Pedro tenha decidido regar bem o Mercado, impedindo os menos afoitos de sair à rua, houve períodos em que o Santo deu descanso à Vila de Almodôvar, e nesses períodos as ruas encheram-se de pessoas que, querendo visitar o Mercado, acorreram ao Centro Histórico da Vila de Almodôvar, onde estiveram reunidos vários comerciantes com produtos gastronómicos e artesanais da época. No ar, pairavam os mais variados aromas. Mesmo ao centro, na Praça, gulosos crepes adoçavam os narizes de quem por eles passava; mesmo ao lado, o cheiro da sopa da pedra travava uma batalha com o do chouriço assado e o porco no espeto…
Logo na Sexta-feira, primeiro dia do Mercado, foi feita a leitura do Edital e do Foral que D. Dinis mandou outorgar a Almodôvar, momento que incluiu a recriação histórica de alguns assuntos referidos no Foral. No Sábado, dia 30, o Mercado prosseguiu, destacando-se o muito aguardado Torneio a Cavalo, o cortejo régio e, à noite, a teatralização, com recurso a pirotecnia e fogo, de uma lenda moura. No último dia do certame as actividades prosseguiram e, embora debaixo de chuva, muitos foram os que se mantiveram pelas ruas de Almodôvar e se recusaram a ir para casa.
O certame foi animado pela Companhia de Teatro Viv’Arte e por vários grupos musicais e teatrais, que, durante os 3 dias do certame, fizeram toda a contextualização histórica do século XIII. De referir também a participação da população e associações do Concelho que, mais uma vez, participaram, em mais esta Edição do Mercado Medieval, quer na venda de produtos, quer na recriação de danças medievais, quer apenas através da figuração, usando roupas da época.
Feitos os autos de encerramento da Feira e a lavagem dos cestos e almotolias, fica já a saudade daquele que é um dos eventos mais queridos de todos os almodovarenses e de muitos visitantes que, ano após ano, visitam e revisitam o excepcional Mercado Medieval de Almodôvar. Também entre nós, fica a vontade de que Abril de 2012 chegue rápido, trazendo à Vila o VIII Mercado Medieval!