Município de Almodôvar

Notícias

Eleições Presidenciais em Almodôvar


Decorreram no passado Domingo, dia 23 de Janeiro, eleições presidenciais que reelegeram o candidato Cavaco Silva para mais um mandato na Presidência da República. A nível Nacional, além da maioria absoluta, Cavaco Silva ganhou nos 18 distritos e nas duas regiões autónomas, tendo obtido 14 vitórias absolutas. De facto, só não obteve mais de 50% dos votos em Lisboa, Setúbal, Évora, Portalegre, Beja e Madeira. Nos concelhos de Vila Real, Bragança e Viseu o presidente obteve vitórias expressivas, tendo conquistado cerca de 66% dos votos úteis. Segundo analistas do Correio da Manhã, o eleitorado do PSD e CDS foi relativamente fiel a Cavaco, que resgatou ainda cerca de 400 mil eleitores de Sócrates.

Estas eleições ficam marcadas pela elevada taxa de abstenção, que se cifrou a nível nacional nos 53.4%. No concelho de Almodôvar registaram-se também taxas elevadas de abstenção, estimando-se que mais de 50% dos eleitores, por um motivo ou por outro, acabaram por não depositar o seu voto nas urnas. Dos que foram votar, 4.42% depositaram votos nulos ou brancos. Em Almodôvar, tal como no resto do país, o grande vencedor do acto eleitoral foi Cavaco Silva, que obteve mais votos em 7 das 8 freguesias do Concelho. A excepção foi apenas a Freguesia da Graça de Padrões, onde Cavaco obteve os mesmos 54 votos que Manuel Alegre. Na soma de todas as Freguesias, o presidente reeleito obteve um total de 1350 votos, tendo em segundo lugar ficado Manuel Alegre, com 805 votos e, em terceiro, Francisco Lopes, que conquistou o voto de 335 Almodovarenses.